Notícias

Esse canal é atualizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nele você encontra notícias sobre a empresa e os boletins enviados para a imprensa.

Para mais informações, consulte também o Twitter e o mapa interativo do site.

Assessoria de imprensa: (53) 99983-2398 ou satoleppress@terra.com.br

Museu Afro-Brasil-Sul recebe importante apoio da Ecosul

Publicado em 22 de mar de 2022 às 13:00

Museu Afro-Brasil-Sul recebe importante apoio da Ecosul

Acervo do museu faz resgate da memória histórica do povo negro sul-brasileiro

 

 

A Ecosul oficializou ontem(21) o repasse de recursos para a infraestrutura do Museu Afro-Brasil-Sul (MABSul), que completou dois anos e faz parte do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A entrega foi feita pelo diretor superintendente da concessionária, Fabiano Medeiros à coordenadora adjunta do museu, Jocelem Fernandes. Participaram do ato a Reitora da UFPel, Isabela Andrade, a vice-reitora da UFPel, Úrsula da Silva, o pró-reitor de extensão e cultura da UFPel, Eraldo Pinheiro e a colaboradora do MABSul, Mãe Preta de Ogum, além de alunos e bolsistas da universidade. “Nós da Ecosul estamos sensibilizados com a importância do trabalho realizado pela MABSul. O repasse da concessionária tem a intenção de contribuir com políticas públicas de promoção da diversidade, no resgate da memória histórica do povo negro sul-brasileiro e na luta contra o racismo”, destacou Fabiano. Segundo a coordenadora, através da parceria será possível ampliar a atuação dos bolsistas, com um espaço próprio e equipamentos para as atividades do MABSul. “Esse suporte é de suma importância e fará com que a qualidade da produção intelectual que geramos seja ainda melhor, com o suporte destes equipamentos”, observou Jocelem.

O museu tem atualmente formato virtual e acolhe o patrimônio cultural material e imaterial pertencentes à região sul do Brasil, presentes nas expressões e manifestações culturais afro-brasileiras especificamente, dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. As atividades incluem a interatividade com a comunidade, registrando as histórias que são contadas e reverberando a oralidade através de podcast, webinar e apresentações através do canal do YouTube. A coordenadora adjunta do museu informa que a partir de 27 de março será lançado parte do acervo e assim, sucessivamente, uma novidade a cada mês.  “Iniciativas como essa fazem com que nossa luta seja gratificante, só temos a agradecer e pedir vida longa à essa parceria”, finaliza. Para acompanhar o trabalho do MABSul basta acessar o Instagram @museuafrobrasilsul.